Uma dúvida em um grupo de Facebook. Corta para: um debate a respeito em outro grupo, desta vez no Whatsapp. Um pouco de quebração de cabeça e voilà! Temos um manual pra facilitar nossa vida ao exportar AAFs no Final Cut! Os montadores Alfredo Barros, João Velho e Helgi Thor dividem a autoria dessas informações preciosas pra facilitar a vida de editores e assistentes!

Pequeno manual de como evitar problemas na exportação de um projeto de FCPX para AAF pelo aplicativo X2Pro

1. Colocar um counter com bip no começo e no fim no projeto do filme, com o timecode ajustado em 01:00:00:00 para o frame start ou para o primeiro frame do filme (checar preferência com finalizador, colorista e editor de som).
2. Exportar um MOV para ser a referência de todo mundo, e depois colocar como connected clip e conferir se o TC e os bips alinham para garantir a exportação do XML no final do processo, com a certeza de que nada saiu do lugar.
3. Duplicar o projeto como “snapshot”. O projeto duplicado funcionará como uma timeline de exportação de audio. A proposta é simplificar essa Timeline para evitar problemas nessa operação.
4. Usar o recurso “Detach Audio” para todos os clips de video.
5. Desagrupar os compound clips (principalmente as partes de audio agora separadas do video) cuidando para ajustar problemas com split edits e ajustes de nivel de volume. Checar o sync de cada compound clip desagrupado.
6. Desfazer todos os clips editados com o recurso “Audition” ficando apenas com o clip escolhido.
7. Trabalhar exaustivamente o uso de roles e subroles de áudio, para caracterizar e organizar melhor o material de som na timeline e facilitar a vida do editor de som.
8. Converter para AIFF todos os clips de audio mp3 e outros formatos não profissionais como o AAC.
9. Usar o recurso “Lift from Storyline” em todos os clips de video que estão editados no storyline primário para gerar um longo gerador de Gap (ponta preta) para toda a timeline.
10. Remover todos os clipes de video.
11. Usar o filtro gerador de timecode do FCPX para ficar com a informação de timecode corrente sobreposta à imagem.
12. Exportar o XML.
13. Observar as preferencias do X2Pro (telas em anexo)
14. Converter o XML para AAF com o X2Pro.
15. Considerar o uso do aplicativo Producers Best Friend para gerar relatórios para conferir tudo que está aplicado é editado na timeline.

Telas de referência para configurar as preferências do X2Pro:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *